segunda-feira, 14 de abril de 2008

Ressonâncias pela rede

Um post de Beppe, no dia 9 de abril, agradece os leitores pela colocação do blog no ranking da Time. Efetivamente, o blog de Beppe Grillo está entre os mais populares da rede, subindo em 5 dias ao primeiro lugar no mesmo ranking.
















Atualmente, existem diversos sites que funcionam especificamente como agregadores de blogs. Eles funcionam rankeando os blogs a partir do seu impacto na rede, medido através do número de links a eles direcionado em outros blogs (blogs reactions). Isso significa que um blog sobe na classificação quanto mais é citado, linkado e comentado pela comunidade de blogs. O que se mede aqui é a própria densidade do hypertexto no qual este blog se insere.

Procuro uma imagem, uma metáfora visual que me vem quase espontaneamente para absorver esta idéia. Sem me preocupar com uma correção conceitual, sugiro a imagem de uma gota que cai na superfície da água, provocando ondas concêntricas. Quando mais estas ondas reverberarem em outros pontos dispersos nesta superfície, maior é a ressonância da informação que "pingou" no ciberespaço (lembrando o conceito de ciberespaço como um oceano, de Pierre Lèvy).

O blog de Beppe Grillo é o 15º na lista de blogs mais populares de um dos maiores agregadores de blogs do mundo, o Technorati.

















O universo de blogs existentes hj na blogosfera é da ordem do inestimável, o q nos impossibilita dimensionar o que esta gota representa neste oceano. Porém, o blog de Grillo registra cerca de 70.000 blog reactions. Isto significa simplesmente que o Blog de Grillo foi citado 70.000 vezes em outros blogs e posts. Levando em consideração que seu blog é escrito, essencialmente, em língua italiana, e que trata de assuntos bastante específicos da realidade política da Itália, este não é um número irrelevante.

Na versão brasileira do Technorati, o Blogblogs, também é possível encontrar algumas referências, numa pesquisa superficial:

http://mzoneone.blogspot.com/2007/09/comediante-mobiliza-300-mil-por.html


http://herdeirodocaos.wordpress.com/2007/12/25/beppe-grillo-ou-como-usar-a-rede-politicamente/

http://rastreiodecozinha.blogspot.com/2008/03/os-50-blogs-mais-poderosos-do-mundo.html

Neste último post, podemos ver q o blog de Grillo figura novamente em um ranking dos 50 principais blogs o mundo, eleitos pelo The Guardian.

Passeando ainda pelas blog reactions a Beppe Grillo, encontrei alguns blogs interessantes, que passei a acompanhar também:

http://antigrillo.wordpress.com/

Como o próprio nome diz, a proposta deste blog é ser "Antigrillo". Nunca tive a intenção de fazer um julgamento de valor sobre os posicionamentos de Beppe, mas considero essencial para o estudo do fenômeno que ele causa ouvir também as suas vozes antitéticas.

http://satiradanzante.blogspot.com/

Não consegui ainda identificar um posicionamento definido deste blog em relação ao de Grillo, mas me parece digno de atenção.

2 comentários:

Editor: Yuri Almeida disse...

Gostei da reflexão do post. As reações da blogosfera caracteriza um esfera pública alternativa? Estava a pensar nessa questão....
abs,
herdeirodocaos.wordpress.com

Mariana Marchesi disse...

Sim, na minha opinião. É um novo espaço público, nascente, e fundamentalmente diferente do espaço público constituído pelos meios de comunicação tradicionais. Eis uma definição interessante de espaço público colhida numa aula do Prof. Clóvis de Barros Filho:

"O espaço público é uma possibilidade de diálogo, uma condição de discutibilidade entre membros de uma mesma pólis sobre temas ao alcance e interesse de todos"

O espaço público organizado pela mídia tradicional é um espaço unificado, uma vez q ela "agenda" os temas a serem discutidos pela sociedade. Ele pressupõe que os emissores da informação sejam poucos, e que os "habitantes da pólis" sejam meros receptores desta informação.

A Internet abre a possibilidade de cada indivíduo se tornar um emissor, e portanto também abre a possibilidade de um espaço público múltiplo, sobreposto e interpenetrante. Agora, qualquer indivíduo pode "agendar" qualquer tipo de discussão, para os habitantes da pólis (o ciberespaço) que se interessem. O espaço público dos blogs é o espaço da "cauda longa", formado por microcosmos autônomos e interdependentes.

Podemos dizer, talvez, que o espaço público tornou-se multidimensional?